domingo, 28 de setembro de 2008

acaso

Se por acaso,
perceberes
que dos cantos
dos meus olhos
não se derramam
lágrimas
que atormentam
o meu peito,
a minha alma,
e ao mesmo tempo
prende meus pés ao chão,
não os deixando
seguir o teu caminho...
Não vá sem mim,
espere eu chorar.
(poema & foto: tossan)

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

certeza

Sossega:
o teu amor
te ama.
Pelos caminhos
a perder de vistas.
Repare:
A porta está
sempre aberta,
basta sorrir
e entrar.
(poema&foto:tossan)